Aborto

Cerca de 103 frases e pensamentos: Aborto

É "de esquerda" ser a favor do aborto e contra a pena de morte, enquanto direitistas defendem o direito do feto à vida, porque é sagrada, e o direito do Estado de matá-lo se ele der errado.

Luis Fernando Veríssimo

Matar não é tão grave como impedir que alguém nasça, tirar a sua única oportunidade de ser. O aborto é o mais horrendo e abjeto dos crimes. Nada mais terrível do que não ter nascido!

Fernando Sabino

Eis porque o aborto é um pecado tão grave. Não somente se mata a vida, mas nos colocamos mais alto do que Deus; os homens decidem quem deve viver e quem deve morrer.

Madre Teresa de Calcutá

Absorto no dia-a-dia
nem percebí que o aborto
veio em forma de poesia.

Rogério Viana

O aborto não é, como dizem, simplesmente um assassinato. É um roubo... Nem pode haver roubo maior. Porque, ao malogrado nascituro, rouba-se-lhe este mundo, o céu, as estrelas, o universo, tudo. O aborto é o roubo infinito.

Desconhecido

Não poderá prevalecer a PAZ na Terra, enquanto existir o aborto. Porque é uma guerra contra as crianças. Se aceitarmos que uma mãe mate seu filho no próprio ventre, como podemos dizer para outras pessoas que não matem uns aos outros?

Madre Teresa de Calcutá

”Mas eu sinto que o maior destruidor da paz hoje é o aborto, porque
é uma guerra contra a criança – um assassinato direto da criança inocente -
assassinato pela própria mãe. E se nós aceitamos que uma mãe pode matar
até mesmo sua própria criança, como nós podemos dizer para outras pessoas
que não matem uns aos outros?…”

Madre Teresa de Calcutá

Pela legalidade do aborto estamos em um país de direitos iguais,intão quando abortar não esqueça de suicidar depois.

VictorDity

ABORTO E O PRINCÍPIO DA VIDA

A vida de um feto na barriga da mãe, é o maior laço da concepção do mundo natural, atrofiar a sua expulsão com legalidade, é convalidar outras espécies de crimes.

Erasmo Shallkytton

Aborto Não!

Eu ia ser sua razão de viver,eu ia segurar na sua mão quando tivesse medo.
Você ia me dar abraços e todos os confortos.
Nós iriamos enfrentar os problemas juntos.
Eu iria te magoar,mas você iria me perdoar e me ensinar.
Eu iria cuidar de você mamãe,eu já te amava.
Mas,você me abortou,eu tento entender mãe,mas era minha única oportunidade.

Rayanne Matos

Eis porque o aborto é um pecado tão grave. Não somente se mata a vida, mas nos colocamos mais alto do que Deus; os homens decidem quem deve viver e quem deve morrer.
Se aceitarmos que uma mãe mate seu filho dentro do próprio ventre, como poderemos impedir que as pessoas matem umas as outras?
Dizer que há bebê demais é como dizer que há flores demais.

Madre Teresa de Calcutá

Aborto ZERO

O que é ser feliz?
É sorrir?
É chorar?
E aprendemos a sorrir?
Onde?
Na escola?
No trabalho?
Em casa?
Sonho saber!
O que é amar?
É ter?
Respeitar?
Nada vejo.
Nada ouço.
Tudo sinto, porém.
Mas o que é tudo?
Posso ter?
Contemplar?
Tocar?
Sonho sair!
Acordar, ver o mundo.
E o que é mundo?
Vivo em um?
Vivo?
Sonho nascer!

Leonardo Lima

Uma verdade relativa é um abôrto do intelecto, uma ideia pobre e pouco pensada.

Maycon Ramos de Melo

Vislumbro, na decisão do STF de descriminalizar o aborto de anencéfalos, uma admissão, autruística, que o aborto será o que de melhor pode dar a sociedade para aquele ser que, por não o entendermos, eliminamos. Certamente dá menos trabalho!

Deuel Gontijo

Diga não ao aborto. Como podemos pedir o respeito aos Direitos Humanos; se não respeitamos, àquele quê não pode pedir pelo seu Direito.

Wilson José Silva Ferreira

As pessoas que são a favor do aborto já nasceram.Talvez não teriam o mesmo pensamento se ainda fossem um feto.

Lily moniele

"Aborto: Ato insano de covardia e egoísmo". Luiza Gosuen

Luiza Gosuen

Aborto-CasamentoGay-Fome. Brasil tem apetites onde casal e 2 filhos compra dois pastéis e criança chora porque queria o Todo. NASCER É política de GOVERNOS pra qq classe social.

Bindes, Fánascer

ABORTO INDUZIDO, EXECRAÇÃO À VIDA HUMANA:



Devo encetar esse texto, abordando um assunto bastante polêmico desde sua essência, em face de se tratar da concepção da vida humana, concessão de Deus, que tem sido banalizada de maneira inescrupulosa nos quadrantes do universo, em si falando da vida, bem sabemos que os governantes e, setores da sociedade intelectual mundial, têm voltado suas atenções para um assunto de grande relevância e, que divide opiniões do publico em geral, encontrando certa resistência junto às facções religiosas. Que é a famigerada legalização do aborto. Provocado de forma Domestica, Química ou Cirúrgica, o que na minha ótica não se desvincula do crime de infanticídio, que antes de ser previsto no código penal brasileiro, fere de morte os princípios de Deus e, que os defensores tentam rotular com uma terminologia evasiva ou confusa, ofuscando o assassinato, com o jargão “Interrupção Voluntária da Gravidez” ou “Direito de Decidir”. Decidir Sobre a vida de outrem, é incoerente e, inconsequente.

Se partirmos do pressuposto que Jesus Cristo houvesse sido abortado, o que seriamos hoje? Ou talvez você não gozasse do conforto e comodidade de uma viagem aérea, se Santos Dumont não tivesse sido concebido, quem sabe você não estivesse agora lendo esse texto, se o britânico Edward Jenner tivesse o direito de nascer suprimido pela insensatez daqueles que sem nenhum motivo plausível, abomina a vida humana, ou talvez não pudesse sequer mensurar os nossos prejuízos, sem a existência de Carlos Chagas, Vital Brazil, Osvaldo Cruz e, outros personagens que ajudaram a escrever a boa história da humanidade. É certo que você está a si perguntar, e os tiranos? Qual Adolfo Hitler, Jack o estripador e outros gênios do mau que também tiveram o direito à vida, todavia, aplicando-se o principio do – IN DUBIO PRÓ RÉU, é melhor absolver mil culpados que condenar um inocente.

Pensar que existem seres humanos contra a concepção da vida, o direito de nascer, é bestial e contraditório, sendo assim, porque viemos ao mundo? Será que teus pais queriam frustrar-se do teu abraço? De participar do teu processo de crescimento e aprendizado? Porque não fazes uma autocrítica e te pergunta se escolherias ter sido abortado? Ah! É certo que não.

Só para reflexão daqueles que defendem a legalização de tão bárbaro crime, Poderíamos ainda está convivendo com o Apartheid na África se não estivesse existido Nelson Mandela, o que seria dos pobres excluídos de Madre Tereza de Calcutá? E como seria hoje o cristianismo sem ter existido o papa pop? Sem dúvidas, seriamos tristes sem a alegria e irreverência do baiano Carlinhos Brow, outros viram, se sua arrogância não obstaculizar.

Ora! Será que não estaríamos interrompendo o nascimento do descobridor da cura de doenças mortíferas que assolam a humanidade? Ou quem sabe, aquele que traria a paz ao mundo, claro é conveniente aos governos e intelectuais, massificarem campanhas contra a vida, pois é bem mais barato induzir o aborto, que honrar suas obrigações durante toda a vida do cidadão.

Deus nos agraciou com a vida, e não, o direito a ceifa-la, contudo o homem diante de todo seu egoísmo, insanamente, pensa em governar algo que não pertence ao seu vil e, pretensioso reino. Neste momento, ao perfazer o texto, me deleito com as afáveis melodias de Vinicius de Moraes, Tom Jobim, Clara Nunes, Elis Regina, e outros nomes da musica, da literatura e Etc, que ajudaram a escrever a história do Brasil e do mundo.

Carlos Egberto Vital Pereira