A União Equipe

Cerca de 775 frases e pensamentos: A União Equipe

“Devemos nos unir. Aprendermos uns com os outros pra ficarmos mais fortes. Isso é trabalho de equipe, isso é amizade!”

André Bianco

Trabalhar em equipe não significa que todos tenham que fazer tudo mas sim ter a consciência do todo e do papel de cada um neste todo.

Daniel Godri Junior

jessie: Prepare-se para a encrenca!
James: Encrenca em dobro!
Jessie: Para proteger o mundo da devastação!
James: Para unir as pessoas de nossa nação!
Jessie: Para denunciar os males da verdade e do amor!
James: Para estender nosso poder às estrelas!
Jessie: Jessie!
James: James!
Jessie: Equipe Rocket decolando na velocidade da luz!
James: Renda-se agora ou prepare-se para lutar!
Meowth: Meowth! É isso aí!

equipe R

Quando os Filhos Crescem
Há um momento, na vida dos pais, em que eles se sentem órfãos. Os filhos, dizem eles, crescem de um momento para outro.

É paradoxal. Quando nascem pequenos e frágeis os primeiros meses parecem intermináveis. Pai e mãe se revezam à cata de respostas aos seus estímulos nos rostinhos miúdos.

Desejam que eles sorriam, que agitem os bracinhos, que sentem, fiquem em pé, andem, tudo é uma ansiosa expectativa.

Então, um dia, de repente, ei-los adolescentes. Não mais os passeios com os pais nos finais de semana nem férias compartilhadas em família.

Agora tudo é feito com os amigos.

Olham para o rosto do menino e surpreendem os primeiros fios de barba, como a mãe passarinho descobre a penugem nas asas dos filhotes. A menina se transforma em mulher. É o momento dos vôos para além do ninho doméstico.

É o momento em que os pais se perguntam: onde estão aqueles bebês com cheirinho de leite e fralda molhada? Onde estão os brinquedos do faz-de-conta, os chás de nada, os heróis invencíveis que tudo conseguiam, em suas batalhas imaginárias contra o mal?

As viagens para a praia e o campo já não são tão sonoras. A cantoria infantil e os eternos pedidos de sorvetes, doces, pipoca foram substituídos pelo mutismo ou a conversa animada com os amigos com que compartilham sua alegria.

Os pais se sentem órfãos de filhos. Seus pequenos cresceram sem que eles possam precisar quando. Ontem eram crianças trazendo a bola para ser consertada. Hoje são os que lhes ensinam como operar o computador e melhor explorar os programas que se encontram à disposição.

A impressão é que dormiram crianças e despertaram adolescentes, como num passe de mágica.

Ontem estavam no banco de trás do automóvel, hoje estão ao volante, dando aulas de correta condução no trânsito.

É o momento da saudade dos dias que se foram, tão rápidos. É o momento em que sentimos que poderíamos ter deixado de lado afazeres sempre contínuos e brincado mais com eles, rolando na grama, jogando futebol.

Deveríamos tê-los ouvido mais, deliciando-nos com o relato de suas conquistas e aventuras, suas primeiras decepções, seus medos. Tê-los levado mais ao cinema, desfrutando das suas vibrações ante o heroísmo dos galãs da tela.

Tempos que não retornam a não ser na figura dos netos que nos compete esperar.

Pais, estejamos mais com nossos filhos. A existência é breve e as oportunidades preciosas.

Tudo o mais que tenhamos e que nos preencha o tempo não compensará as horas dedicadas aos espíritos que se amoldaram nos corpos dos nossos pequenos, para estar conosco.

Não economizemos abraços, carícias, atenções porque nosso procedimento para com eles lhes determinará a felicidade do crescimento proveitoso ou a tristeza dos dias inúteis do futuro.

.......................................

A criança criada com carinho aprende a ser afetuosa.

A mensagem da atenção ao próximo é passada pelos pais aos filhos.

No dia-a-dia com os pais eles aprendem que o ser humano e seus sentimentos são mais importantes do que o simples sucesso profissional e todos os seus acessórios.

Em essência, as crianças aprendem o que vivem.

Equipe de redação do momento espírita com base no artigo da revista seleções98 Antes que elas cresçã

Mãe, quando eu comecei a escrever esta carta, usei a pena do carinho, molhada na tinta rubra do coração ferido pela saudade.

As notícias, arrumadas como perólas em um fio precioso, começaram a saltar de lugar, atropelando o ritmo das minhas lembranças.

Vi-me criança orientada pela sua paciência. As suas mãos seguras, que me ajudaram a caminhar.

E todas as recordações, como um caleidoscópio mental, umedeceram com as lágrimas que verteram dos meus olhos tristes.

Assumiu forma, no pensamento voador, a irmã que implicava comigo.

Quantas teimas com ela. Pelo mesmo brinquedo, pelo lugar na balança, por quem entraria primeiro na piscina.

Parece-me ouvir o riso dela, infantil, estridente. E você, lecionando calma, tolerância.

Na hora do lanche, para a lição da honestidade, você dava a faca ora a um, ora a outro, para repartir o pão e o bolo.

Quantas vezes seu olhar me alcançou, dizendo-me, sem palavras, da fatia em excesso para mim escolhida.

As lições da escola, feitas sob sua supervisão, as idas ao cinema, a pipoca, o refrigerante.

Quantas lembranças, mãe querida!

Dos dias da adolescência, do desejar alçar vôos de liberdade antes de ter asas emplumadas.

Dos dias da juventude que idealizavam anseios muito além do que você, lutadora solitária poderia me oferecer.

Lágrimas de frustração que você enxugou. Lágrimas de dor, de mágoa que você limpou, alisando-me as faces.

Quantas vezes ouço sua voz repetindo, uma vez mais: “tudo tem seu tempo, sua hora! Aguarde! Treine paciência!”

E de outras vezes: “cada dia é oportunidade diferente. Tudo que você tem é dádiva de Deus, que não deve desprezar.

A migalha que você despreza pode ser riqueza em prato alheio. O dia que você perde na ociosidade é tesouro jogado fora, que não retorna.”

Lições e lições.

A casa formosa, entre os tamarindeiros assomou na minha emoção.

Voltei aos caminhos percorridos para invadi-la novamente, como se eu fosse alguém expulso do paraíso, retornando de repente.

Mãe, chegou um momento em que a carta me penetrou de tal forma, que eu já não sabia se a escrevera.

E porque ela falava no meu coração dorido, voei, vencendo a distância.

E vim, eu mesmo, a fim de que você veja e ouça as notícias vibrando em mim.

Mãe, aqui estou. Eu sou a carta viva que ia escrever e remeter a você.

Entre as quadras da vida e as atividades que o mundo o envolve, reserve um tempo para essa especial criatura chamada mãe.

Não a esqueça. Escreva, telefone, mande uma flor, um mimo.

Pense quantas vezes, em sua vida, ela o surpreendeu dessa forma.

E não deixe de abraçá-la, acarinhá-la, confortar-lhe o coração.

Você, com certeza, será sempre para ela, o melhor e mais caro presente.

Autor (Equipe de Redação do Momento Espírita a partir do cap. XVI do livro Pássaros Livres do Espíri

Como eu vejo o amor?

Eu vejo o amor como a união de dois seres que se completam, se respeitam e doam-se para construir um ao outro.
Eu vejo o amor com base de alicerce, iniciada na amizade, raras vezes num único olhar, desenvolvido no namoro, alimentado pelo diálogo e pela compreensão.
Eu vejo o amor na humildade, que abandona o egoísmo e dá plena atenção ao seu amado.
Eu vejo o amor cheio de confiança, certeza, fidelidade e responsabilidade.
Eu vejo o amor como uma vida que planeja o futuro, para que ambos sejam felizes conforme a vontade de Deus.
Eu posso ver o amor, nos seus olhos sinceros, no seu sorriso simples, na sua voz sutil, nos seus gestos de carinho. Eu posso ver o amor em você, embora só meu coração o sinta!

Willian Ribeiro

Por mais um ano de vida
Sempre com dedicação,
Um feliz aniversário !
Sorte, amor e união !
Muito êxito , porque,
HOJE QUEM BRILHA É VOCÊ !
Abraços...Tudo de bom

Antonia Neusa de Oliveira (aneusapoesias)

A separação pode ser o ato de absoluta e radical união, a ligação para a eternidade de dois seres que um dia se amaram demasiado para poderem amar-se de outra maneira, pequena e mansa, quase vegetal.

Inês Pedrosa

Amor não é a união de duas metades e sim a aproximação de dois inteiros.

Elza de Figueiredo

"SEM UNIÃO É IMPOSSÍVEL A REVOLUÇÃO".

Facção Central

Te Adoro (acróstico)

Juntos vamos transformar esse sentimento em um único amor.
União acima de tudo
Sempre vou pensar em ti, fazes parte da minha vida, quero morrer ao teu lado
Sonhos me alimentam no silêncio da noite, saudades me matam quando não falo contigo
Agora percebo como é bom amar e ser amado.
Relembro sempre quando nos conhecemos, momento maravilhoso, que carrego comigo.
As tuas qualidades me convidaram a embarcar numa viajem fascinante. Obrigado pelo convite.
Alguém que gosta tanto de ti, escreve este acróstico com o coração em chama.
Lembranças de ti, às vezes fazes de mim um homem bastante feliz.
Visto que a distância nos separa, não importa se existe um oceano.
Entre nós, o que importa e que nos amamos e vamos viver esse amor my boo.
Se além dessa vida existe outra, então eu vou te levar comigo noutra vida.

Viegas Francisco Pinto Brassa

a vida tem muitos obstaculos,mais uma arma pode derrota-las facilmente....O AMOR E A UNIAO!

Maria Lidia ou seja ..eu..

O amor é finalmente
um embaraço de pernas,
uma união de barrigas,
um breve tremor de artérias
Uma confusão de bocas,
uma batalha de veias,
um reboliço de ancas,
quem diz outra coisa é besta

Gragorio de Matos

A morte é um traço de união entre um instante, a vida, e a eternidade

José Marques

“Que à união de espíritos puros
eu não aceite impedimentos.
Não é amor o amor
que muda quando mudanças encontra,
ou se curva a quem quer extingui-lo.
Oh, não! O amor é um marco eterno
que inabalável enfrenta as tormentas.
É a estrela de todo barco errante,
de brilho certo, mas valor inestimável.
O amor não é joguete do tempo, embora
ao envelhecer os lábios nos entorte.
O amor não muda conforme o dia e a hora,
mas chega inalterado até o fim dos tempos.
Se me provarem que isto está errado,
então nunca escrevi
nem ninguém jamais amou.”

Shakespeare

Devemos praticar, a união faz a força, o diálogo faz o entendimento.

Joao de Paula

Espero que um dia o ser humano acorde e consiga perceber que sem a união de todos nós, não se alcança o altruísmo, benevolência e principalmente o AMOR!

Joni Baltar

O casamento é a união de um homem e uma mulher inseguros que procutam na exclusividade constituida refúgio para a falta de imaginação.

Marinho Guzman

União e Perseverança isso fará um fato histórico acontecer, a mudança...que revolucionará a vida,ela é a compreensão

Jonas Silva Podkowa

Sorriso entre o pai e a filha
Abraços entre amigos e irmãos
Paisagens de união no verão
Do mundo e seus encontros profundos...
Do beijo molhado, do abraço suado
Do olhar de uma mãe para um filho...
Do vento no rosto.
Da formatura esperada e venerada
Da corrida...
Da chegada de uma vida para esta vida...
Das esquinas
Da neblina
E até da partida, que pensa que terá outro encontro...
na verdade era só despedida.
Os momentos correm como o vento
E o tempo escorre por entre o vão da porta...
Mas tem uma máquina, a máquina do tempo que para qualquer
doce
amargo
lento
forte momento...
Fotografa, retratando o retrato da vida de todos...
Deixando transparecer até sentimentos...
Assim é a fotografia, como a poesia...
Eterna, eterna...

Camila Senna