A Ostra e a Perola

Cerca de 165 frases e pensamentos: A Ostra e a Perola

Noite fria

Sem caminhos e sem destino
Aqui o que deixaste.
O tempo em desatino.
Tudo, desfolhaste.

Somente guardo o segredo.
Um pouco de medo.
Sonhos que tive outrora.
Neste espaço agora.

Impregnado estão.
O seu perfume.
Em meu corpo como costume
No momento a emoção.

São as marcas que ficaram.
E, por pouco se tornaram.
Sentimentos doloridos.
Que devem ser esquecidos.

KÁTIA PÉROLA

Postado por Beleza Rara

Kátia Pérola

Sempre!

Eu procurei saber o que é o sempre, não cheguei a uma conclusão sensata!
Mas percebi que o sempre pode ser muito, pode ser agora, ou pode ser nunca!
Mas uma certeza eu tenho, mesmo sem saber direito.. quando falo com você
é como se o tempo parasse e eu me sinto bem.. E isso eu quero pra sempre, mesmo que o sempre seja um instante!

Vanessa Pérola

Esperança

Esperança nos olhos de um jovem
que sonha, produz e alcança.
Alegria nos olhos de uma mãe que ao
ver o filho nascer se enche de esperança.
Esperança de atleta que a cada objetivo
superado é um sonho realizado!
Emoção na voz de um cantor que com suas
canções arrebatam multidões!
Simplicidade de criança, experiência de um idoso,
abraço de um irmão, amor de um amigo!
Motivos que me deixam nunca fazer minha
esperança desaparecer!

Vanessa Pérola

O que é um amigo?

Sua segunda alma
batendo fora do seu corpo.

Um irmão por escolha
que mesmo sem você querer
fez assim que conheceu.

Palavras de consolo quando
você mais precisa.

Repreensão quando você merece
por ter cometido algum erro.

Aquele que jamais te julga e estar
sempre ao seu lado.

Aquele que mesmo que infinitamente você descreva
sempre vai lhe faltar as palavras!

Vanessa Pérola

Eu sabia que o tempo mudava as pessoas, mas não que ás deixava fria e sem sentimento!

Vanessa Pérola

E depois de décadas você aprende a simples diferença entre DEPENDER e AMAR . Depender é ser subordinado a algo ou alguém, ser dominado e quem ama aprecia, devota, está preso por vontade e não por autoridade.

Vanessa Pérola

Eu não sei mais por quanto tempo vou forçar te amar. Por quanto tempo quero que participes da minha vida. Já não sei também se prefiro que venhas me ver ou não. Nem se sou realmente feliz ao seu lado, talvez... Não sei. Você não interfere em nada. Não me move a nada. Não completa em nada. Fechar a cara com a sua presença é tão fácil. Colocar uma roupa qualquer caso me obrigues a sair contigo. Você percebeu que usei o perfume que detestas da ultima vez? Não me importo mais. Se te machuco, se te regresso. Só não vou mais me interromper.


Deixo registrada essa nota para dizer que me esqueci de como é ser feliz ao teu lado.

Pérola Thays

De quando não te conhecia, mas a amava. De quando te conheci, e te amei ainda mais. De quando viestes, e não deveria ter permitido que partisses. De quando partiu, e partiu também meu coração. De quando choramos, e odiamos a distancia. De quando dividimos nossas dores, e as dores sumiram. De quando sumimos, e os dias deixaram de ser coloridos. Por isso imploro: Permaneças comigo. Nos meus erros. E nos meus defeitos. Precisarei sempre de ti.

Pérola Thays

Na verdade nada entre a gente foi necessário para que nos sentíssemos mais amadas, ou mais valorizadas, mais necessárias. Tudo já estava fielmente cultivado e, garanto, impenetravelmente sólido, pelo menos em meu interior que sempre teve você tão formosamente inteira e completa que formigava uma câimbra de tão pairada que você estava sob mim. Perdão. Não deveria eu estar usando o verbo no passado quando se trata se uma sensação em tempo real. As cartas que mandavas. Caixas-postal esquecidas. O carteiro mal sabia quanto amor e saudade carregara em sua bolsa e, se soubesse, acredito que não teria o mínimo do menor interesse em embarca-las. Os sonos perdidos. As noites mal dormidas. A chegada feliz e a partida dolorosa. As fotografias reveladas e coladas em um diário qualquer. A pulseira e o anel da amizade. Os filmes, as músicas, os vídeos. Os apelidos que só a gente entende. Meu jeito. Seu jeito. Nossa maneira. O oposto e a semelhança. Minhas neuras, seus conselhos. Suas neuras, meus conselhos. Sempre assim. Perfeita dualidade, perfeita simetria. Eu sempre tão você, você sempre tão eu.Tantos “estou chegando”. Tantos “adeus”. Tantos reencontros. Porém nunca perdidas, ou esquecidas. É algo tão profundo e sincero que são 4:20 da manhã e a vontade de ligar pra você está aos pulos eufóricos. Mas não. Deixo isto para as 8:00H. Direi: “Bom dia, lembra de mim?!” Mesmo sabendo a resposta, vai ser bom te ouvir dizer com aquela voz baixinha, que mais parece de mosquito: “Que saudade!”. Queria que esse espaço fosse limitado para que eu pudesse usar a desculpa de que não tenho mais caracteres disponíveis. Mas, como sou humilde e estou naquele importuno momento de própria incapacidade de expressão, recorro aos clichês: Preciso de você. És importante pra mim. Sinto sua falta. Não me abandone. Eu te amo.

Pérola Thays

Lembrei de um dia que acordei, tão cedo, e você estava na frente de um espelho arrumando seu cabelo louro. Tão concentrada. Fiquei olhando, admirando, pensando. Ela é linda assim. É cativante assim. Encantadora... assim. Um anjo, assim, moldado em ouro branco e pincelada por cristais. Banhada de certezas, releva todos os avais. Põe música alta pra ajudar a arrumar a casa sem sofrer tanto. De preferência Frejat, Los Hermanos, e outros mais que nos pertencem. Ah, como eu tenho muita, muita raiva de você quando ficas de TPM. Raiva mesmo! Você precisa saber como ficas insuportável! Lembra do dia que eu fingi que liguei pro meu pai ir me buscar porque não aguentava mais suas neuras? Você chorou, implorou pra eu não ir. Me senti vitoriosa. Afinal, foram 5 dias seguidos – amanhecidos e dormidos - com você me vencendo pelas patadas". Patadas essas que só você sabe dar com tamanha criatividade e ligeireza. Cara, é muito engraçado. Ah, também é muito chato bater foto contigo, pois, ficas sempre tão linda roubando toda a cena! Mas eu tiro mesmo assim. Tenho todas elas, e ainda posto. Me orgulho. Me preocupo. Não faz mais essas brincadeiras de fugir de nós, ta? Não me mata tantas vezes do coração. Pode ser? És tão parte de mim. Tão pedaço do meu eu agora meio forjado. Não quero nunca ser eu sem você. Eu deveria ter sido mais breve. Perdão. "Amiga, posso dormir hoje aqui com você?"

Pérola Thays

Amar uma criança é, também, ser criança. É transmitir o que é bom. Ensinar valores. Proteger do mal. É abraçar, sorrir, olhar. Olhar sorrindo. Viver, amando.

Pérola Thays

O meu medo é deixar de ser memória viva e virar somente mais um rosto conhecido pra você!

Vanessa Pérola

Aquela foi a minha última lembrança em um mundo normal. A queda, o grito e eu.

Pérola Thays

Nunca desprezes ninguém...
Os outros são como são.
A pérola sai da ostra,
O ouro nasce do chão.

Desconhecido

Vim de tão longe.

Pois eu resolvi lhe procurar
Pois sai sem rumo certo
Vagar sem presa alguma
De chegar.
Pois eu sabia
Tinha certeza que
Não ia estar a me
Esperar.
Pois um dia daqui sai
Sem ao menos lhe avisar,
Onde poderia me encontrar.
Hoje, agora estou aqui a sua.
Porta a lhe esperar
Venha, chegue logo.
Abra a porta e me convide
Para entrar, pois quero.
Entrar e bem forte lhe abraçar
E lhe agradecer por todo esse
Esperar-me.
Espero que nesse momento não
Olhe para meu rosto
E não quero que veja
lagrimas em meu rosto rolar
De felicidade, pois em teus.
Braços, além disso, vou estar.
Nada mais daqui vai me afastar
Agora aqui vou ficar sem medo
De amar, sonhar a você quero.
Entregar-me e para sempre ao seu lado
Quero ficar!

Perola negra 1000

Sentimentos

Hoje estou aqui com meu coraçao angustiado
Sinto tua falta
O ar me falta
Por onde anda o meu amor?
que nem se quer um oi me deixou...
Amar doi mas é a coisa mas gostosa que existe
O meu amor por ti me faz ser uma eterna adolescente
Me sinto uma pessoa que despertou pra vida nesse exato momento.
Amor aparece ver que assim eu sofro
Amor te esperarei até a eternidade porque meu amor ele é de verdade.

Meire Perola Santos

Meu DE-SA-PE-GO

E hoje eu acordei querendo desapegar, é isso aí D-E-S-A-P-E-G-A-R!
Deixar de lado sentimentos ruins, pessoas desagradáveis, e sujas de alma! As quais me fazem mal e eu mesmo assim tento agradar. Fadiguei-me de ser sempre a boa moça, a que nunca erra e está sempre pronta a se machucar. Não mais adiarei a minha felicidade, nem meus interesses, muito menos os meus sonhos.
Mudarei meus discos de baladas para um rock pesado, sacudirei toda poeira das coisas pobres do meu passado. Não deixarei de ser quem eu sou pra me tornar quem você deseja que eu seja. Não esperarei tanto de alguém que eu não conheço, e nem de quem eu conheço, pois sei que as pessoas sempre nos surpreendem.
Estou segura que me conheço, antes talvez não me conhecia. Assegurei que consigo sozinha saber o que gosto ou não de fazer, sem precisar pedir a companhia de alguém. Não tentarei, não insistirei, não reclamarei, não jogarei, não me cansarei com quem nada quer! Não serei devoto de qualquer amor que me sugue. Não criarei mais esperanças no que não tem fé. Olharei também o meu próximo e não só para mim, não permitirei egoísmos de minha parte.
Libertarei da minha mente tudo o que é escuro e sombrio, liberarei perdão aqueles que por mim passaram e me feriram.. não quero ter que com isso no futuro me preocupar.
Cobrarei menos de mim, menos padrão de beleza, corpo perfeito, cabelo impecável! Cobrarei menos das pessoas também. Tentarei aceitar as minhas perdas, e enxergar que eu posso sim aprender com elas.
Escreverei mais, e sempre quando tiver vontade. Será minha maneira de refugio! Assim tudo ficará no papel e não no meu coração. O desapego é difícil, um processo duro e árduo mas que no final valerá a pena!

Vanessa Pérola Santos